sábado, 25 de maio de 2013

segunda-feira, 20 de maio de 2013

AS RAÇAS


Muitas vezes o investigador de si, com o avanço das atividades, depara-se com situações, cenários e eventos interessantes e curiosos, os quais não nos reportam a nenhum fato oficialmente histórico da humanidade dos quais temos ciência por via convencional, todavia insiste em constar como um registro autêntico.

Cabe destacar que, segundo muitos estudos de tradições orientais e inclusive teosóficos, defende-se a constituição da evolução da humanidade e do próprio planeta em si em sete raças, sete sub-raças e suas respectivas etnias, considerando-se ainda a era pré-histórica, da pedra lascada, ou das cavernas.
Cada raça pode ser dividida em sete fases ou sub-raças, sucessivas ou simultâneas no tempo.
Cada sub-raça possui um período de nascimento ou instalação, crescimento ou progresso até a plenitude e ocaso, correspondendo, em parte, às civilizações historicamente conhecidas.

terça-feira, 14 de maio de 2013

MANTENDO O FOCO

Mantenha os olhos fechados caso sinta dificuldade em identificar qualquer evento, os olhos fechados possibilitam uma atenção mais focada, todavia, pode acontecer de o investigador ainda inexperiente acabar sendo envolvido pelo registro e começar a sentir todo o cenário como se o vivendo novamente com todas as sensações e emoções.
Para isso, sugerimos que abra os olhos e escape disso. Surge então a outra técnica. Com os olhos abertos.
O cenário pode ser vislumbrado da mesma forma, todavia com menos intensidade de envolvimento, o que proporciona certa defesa emocional, tal qual se a pessoa assistisse a si mesma como um ente ao lado que segue todos os atos vividos no passado.
Caso não consiga um foco e um direcionamento satisfatório, feche os olhos e assim vá experimentando pontos de foco e concentração. Lembre-se: li-ber-da-de!
Apenas não complique.

FATORES SENSORIAS - SEQUÊNCIA


Fácil, sim?
Mas digamos que a pessoa ainda sinta muita dificuldade para manter o foco no que precisa investigar. Diante de nossas experimentações, descobrimos algumas técnicas que podem facilitar e evitar certos desconfortos.
Vamos a elas.

terça-feira, 7 de maio de 2013

FATORES SENSORIAIS



A capacidade que uma pessoa tem em relação à percepção das coisas e pessoas no tempo e no espaço é chamada de sensório, por isso optamos por escolher essa terminologia para explicar as próximas percepções.

Um Local, por exemplo: O Egito, a Áustria, o Paquistão, a antiga URSS, mas pode ser um local que não exista mais e então, como se localizar?

Pode surgir um Ambiente: um rio, neve, pradaria, casa... E se não surgir isso? Acalme-se, poderá vir talvez uma Cena/Objeto: por exemplo, a queda da Bastilha, alguém sendo guilhotinado, ou um galpão de madeira e uma égua dando a luz a um pequeno potrinho marrom. Um vaso florido, uma peça de automóvel, uma roda de carroça. É o ato em si, a ação que se apresenta e seus co-atores.


Ainda temos uma alternativa: o Indivíduo: uma criança, um idoso, um homem, mulher, observe seus trajes, suas vestimentas, cores, cabelo, bigode, altura, peso, aspecto.

Filtre e sinta as emoções sem identificar-se com elas; sinta o clima e a tensão do instante percebido.

Qualquer um desses Fatores Sensoriais, juntos ou isolados, conduzem ao registro que com a análise vai se desfraldando.
De posse desses itens o pesquisador de si poderá se localizar melhor, poderá saber em que época se encontra, terá subsídios para identificar quem é e com quem está vivendo, em que cena, quais as identidades: pai, casal, amigos, inimigos, netos...

quarta-feira, 1 de maio de 2013

NOVIDADES NO CANAL DO YOU TUBE

Salve, gente bacana!

O Consciência Livre disponibiliza logo no final do Blog, alguns canais que conduzem para o You Tube, onde estamos experimentando novidades.
Dentre elas está o "REFLEXÕES", onde pessoas da equipe apresentam pequenas gravações com temas variados para despertar a capacidade de refletir sobre o assunto abordado de maneira isenta.
A novidade está no espaço "DIVULGAÇÕES", trata-se de gravações feitas com assuntos voltados para o aprendizado consciencial sempre destacando alguma novidade da música, literatura, cinema ou afins.
A grande vantagem é que são apenas áudios, não vídeos (não é um pod-cast, tampouco rádio), onde a pessoa pode baixar e ouvir na hora, no lugar e quando e quantas vezes quiser.
Por não serem vídeos, são mais leves de serem baixados e convertidos para MP3.
Para quem quiser mais traquilidade ou ainda não experimentou baixar (convertido) um vídeo em formato MP3, existem sites especializados nisso, nós mesmos utilizamos o http://www.listentoyoutube.com/ como uma ferramente fácil de manusear.
Basta copiar o link do You Tube dentro do campo específico que ele oferece e clicar em GO. Ele vai checar o link por um tempinho e prepará-lo para a conversão no local que deseja em seu computador.
O grande segredo quando ele abrir a nova janela é NÃO clicar no grande botão azul para download, e sim numa pequenina frase amarela:


que vai conduzir para o ambiente certo para a conversão. Ali então surgirá 

Clique no botão abaixo para baixar MP3

Clicando ali, ele abre uma nova janela de agradecimento e vai salvar em seu ambiente onde seu computador tem configurado (na maioria das vezes na pasta "downloads").

UFA! É chatinho e precisa ficar atento às diversas e multi propagandas com grandes botões que levam a outros ambientes (o serviço é gratuito, por isso os patrocinadores são muitos).

Bem, feita toda a maratona, você tem à sua disposição uma gravação em MP3 a qual você pode levar em seu aparelho específico.
É uma experiência que busca expandir nossos estudos e pesquisas de uma maneira mais acessível aos que nos acompanham.
Importa destacar  que os vídeos do REFLEXÕES tratam de assuntos sempre diferentes dos áudios do DIVULGAÇÕES.
Bem, ficam abaixo dois links para acesso rápido e "degustação".
Um abraço e até breve.



Um Toque de Sabedoria

Um Toque de Sabedoria
Acesse mais material no G+